Resenha: Cidades de Papel

CidadesdePapel_livro.jpg (922×620)

Oi, gente. A sumida deu as caras, me desculpem pelo atraso de postagens, irei retribuir tudo nessa semana. Hoje vim trazer mais uma resenha, eu já li faz um tempão mas resolvi fazer porque o filme está perto de lançar, então entrei no clima. Vamos conferir?

"Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia."


(www)

O livro conta a história de Quentin Jacobsen, que desda sua infância é apaixonado pela vizinha, Margo. Mesmo depois de crescidos, essa paixão continua, mas seguem caminhos diferentes. Margo é conhecida na escola por suas aventuras, até que um dia ela aparece no quarto de Q e o convida para uma de suas travessuras em plena madruga, e ele aceita.  Os dois se divertem, se vingam de algumas pessoa que magoaram Margo, invadem locais, e vão para um lugar deserto de onde têm uma visão perfeita da cidade que vivem. Até então, tinha sido a melhor noite da vida de Q, e ele esperava ter mais momentos com Margo, mas, simplesmente, ela desaparece no outro dia sem deixar rastros. Todos pensam que ela partiu para mais uma aventura, contudo depois de um longo período muitos perdem a esperança de revê-la, exceto Q. Junto com seus amigos ele vai enfrentar uma grande aventura, cheia de emoções e surpresas para encontrar sua amada. Será que ele conseguirá?

“E então você me surpreender. Para mim, você tinha sido apenas um garoto de papel por todos aqueles anos: um personagem de duas dimensões no papel e uma pessoa de duas dimensões na vida real, mas ainda assim sem profundidade. Só que, naquela noite, você se provou uma pessoa de verdade. E acabou sendo tudo tão estranho, divertido e mágico que, assim que voltei para meu quarto, senti saudade de você.”

É impossível não se surpreender com o final, é mito inesperado. Eu confesso que fiquei com bastante raiva, estava acostumada com livros com final felizes, mas John Green nos traz a realidade, nem tudo é o que esperamos, mesmo que batalhemos por isso.  É uma narrativa muito envolvente, divertida, o que nos prende no livro. Apesar de gostar bastante, teve algumas partes no livro que achei desnecessárias, muita informação/detalhe, mas essa é minha opinião.

Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima.

10 comentários:

  1. O livro é maravilhoso,adorei!
    Beijos
    tem dois novos post la no blog
    http://www.blogalemdohorizonte.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei do livro sim, mas apesar dos livros dele terem finais mais reais, eu não gosto, quando estou lendo quero que tenha um "feliz pra sempre", rsrs.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu não gostei desse livro, me arrependo de ter lido, sinceramente ):

    Beijinhos! • Amanda Vitória Blog

    ResponderExcluir
  4. Adorei a sua resenha, eu conheço o livro, já o li há muito tempo por causa de uma recomendação e adorei o final! *^* E agora sabendo que vai ter filme e com a Cara <3 Estou tão ansiosa :3

    fume,
    sleepy-deer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei a resenha, eu já conhecia a história e eu tenho o livro, mma das coisas que eu mais gosto é que ele é narrado por um menino. ♥
    Kisssus, http://n-rumble.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece muito interesante. Tenho vontade de lê-lo.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos e boas leituras! :)
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir